Mostras individuais (selecionadas)

 

2014 | Quase nunca sempre o mesmo | Alfinete Galeria, Brasília/DF.

2013 | Cheio/vazio | Künstlerhaus Mousonturm | Frankfurt/Alemanha

2013 | No singular. Nada se move. | Curadoria de Marília Panitz | Galeria 3, Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília/DF.

2012-2013 | Rumor | Curadoria de Marília Panitz | Oi Futuro Flamengo, Rio de Janeiro/RJ; Galeria 3, Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília/DF; SESC Belenzinho, São Paulo/SP.

2011 | Primeiro Nome | Curadoria de Ismael Monticelli | Itaú Cultural, São Paulo/SP.

2005 | Desescuridão | Torreão, Porto Alegre/RS.

2005 | Juegos - Performances | MARCO, Museo de Arte Contemporânea de Vigo, Espanha.

2003 | Dupla Exposição | Curadoria de Marilia Panitz | Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília/DF.

2001-2000 | Felizes Para Sempre | Curadoria de Marilia Panitz | Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo/SP; Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro/RJ; Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília/DF; Solar do Barão, Curitiba/PR.

1998 | Felizes Para Sempre | Curadoria de Marilia Panitz | Galeria Athos Bulcão, Brasília/DF.

1992 | Língua em Babel | Galeria do Mezanino, Teatro Nacional, Brasília/DF.

1990 | Macbeth Mauser | Galeria do Mezanino, Teatro Nacional, Brasília/DF.

1989 | Provisoriamente paixões | Galeria Le Corbusier, Embaixada da França, Brasília/DF; Galeria da Aliança Francesa, São Paulo/SP.

 

 

Mostras coletivas (selecionadas)
 

2014 | Frestas – Trienal das Artes | Curadoria de Josué Mattos | SESC Sorocaba | São Paulo/SP.

2014 | Todas as coisas, surgidas do opaco | Curadoria de Luisa Duarte | Santander Cultural | Porto Alegre/RS.

2013 | Triangulações | Curadoria de Alejandra Muñoz, Eneida Sanches e Marília Panitz | Museu Nacional da República, Brasília/DF | MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães, Recife/PE.

2011 | Transperformance | Curadoria de Lilian Amaral | Oi Futuro Ipanema | Rio de Janeiro/RJ.

2010 | Festival Arte Efêmera | Curadoria de Átila Regiani e Lúcia Andrade | CONIC, Brasília/DF.

2010 | Os Ventos que Virão... Brasília (1960 – 2010) | Curadoria de Fernando Cocchiarale | Espaço Cultural ECCO, Brasília/DF.

2010 | Brasília Síntese das Artes | Curadoria de Denise Mattar | Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília/DF.

2006 | Desvêr - Transteatralidade | Curadoria de Wagner Barja | CAL - Casa de Cultura da América Latina, UnB, Brasília/DF.

2005 | Situações Brasília | Curadoria de Marilia Panitz e Evandro Salles | Galeria da Caixa Econômica Federal | Brasília/DF.

2004 | HiPer>relações eletro//digitais | Curadoria de Vitoria Daniela Bousso | Santander Cultural, Porto Alegre/RS.

2003-2008 | Panorama da Arte Brasileira 2003 - Desarrumado 19 Desarranjos | Curadoria de Gerardo Mosquera | Museu de Arte Moderna, São Paulo/SP; Paço Imperial, Rio de Janeiro/RJ. Museu de Arte Moderna Aloísio de Magalhães, Recife/PE; MARCO, Museo de Arte Contemporânea, Vigo/Espanha; Museo de Arte Del Banco de La República, Bogotá/Colômbia.

2001 | Rede de Tensão, Bienal 50 Anos - O Metrônomo de Beckett | Curadoria de Vitoria Daniela Bousso | Paço das Artes, São Paulo/SP.

2001 | A Trajetória da Luz na Arte Brasileira | Curadoria de Paulo Herkenhoff | Itaú Cultural, São Paulo/SP.

2000 | The Theatre of Installation | Curadoria de Nicolas de Oliveira e Nicola Oxley | Museum of Installation, Londres/Reino Unido.

1993 | Um Olhar sobre Joseph Beuys | Curadoria de Evandro Salles | Fundação Athos Bulcão, Brasília/DF.

1991 | 21ª Bienal Internacional de São Paulo | Curadoria de João Cândido Galvão | Fundação Bienal de São Paulo, São Paulo/SP.